Regras de Utilização


A Ouvidoria deve ser acionada somente quando todos os outros canais de prestação de serviço foram utilizados.

Canais de Relacionamento que devem ser utilizados antes da Ouvidoria:

Modalidade Presencial: Diretamente com o professor da disciplina ou Coordenação de Curso e/ou na Central de Atendimento, com a abertura de um protocolo direcionado ao setor responsável pela questão.

Modalidade EaD: Diretamente com a Secretaria ou Coordenação do Polo e na área do aluno, onde deverá ser aberto um “atendimento” direcionado ao setor responsável pela questão.

Comunidade: Ter entrado em contato com o Call center da Brazcubas ou conversado com alguma área da Instituição responsável pela questão.

Funcionário da Instituição: Ter conversado com seu gestor direto e/ou diretamente com o responsável pela questão.

Acompanhamento das manifestações

O Ouvidor é alguém com trânsito junto aos diversos departamentos da Brazcubas que pode, assim, facilitar com que a demanda chegue ao real destinatário e seja respondida:

  • Cadastrar Preencha sua manifestação (elogio, sugestão ou reclamação) de forma detalhada e objetiva, clicando em cadastrar, quando finalizar, o sistema irá gerar um protocolo para sua manifestação cadastrada. Preencha o campo CPF, caso contrário sua manifestação poderá retornar. Recomenda-se ainda, colocar o RGM no campo “Descrição”, antes de iniciar sua manifestação.
  • Consultar Para consultar e acompanhar o andamento da manifestação já cadastrada, o ícone CONSULTAR deverá ser acessado e o número do protocolo da manifestação deverá ser inserido.

A Ouvidoria resguarda-se o direito de:

  • Não atender qualquer solicitação que seja ilegal perante à Lei, aos atos normativos ou às diretrizes estratégicas da Brazcubas.
  • Não responder manifestação na qual estejam inseridas palavras ofensivas, termos chulos e de baixo calão (grosseiro, rústico, baixo, obsceno, pornográfico, impróprios da linguagem educada…). Vale ressaltar que denúncias infundadas, sem subsídios e sem comprovação podem gerar punições nos âmbitos administrativo, civil e penal, de acordo com o artigo 186 do Código Civil e demais dispositivos concernentes à matéria.